Pessoal,

segue abaixo instruções para remover uma instalação do Oracle em Linux, mas aplicadas especificamente ao Oracle XE 10G em um ambiente Linux RedHat;

Passo a passo:
[root@teste_ora ~]# su oracle
— Login para parar o banco:
[oracle@teste_ora ~]$ sqlplus / as sysdba

SQL*Plus: Release 10.2.0.1.0 – Production on Wed Sep 21 17:30:22 2011
Copyright (c) 1982, 2005, Oracle. All rights reserved.

Connected to:
Oracle Database 10g Express Edition Release 10.2.0.1.0 – Production

SQL> shutdown immediate;
Database closed.
Database dismounted.
ORACLE instance shut down.

SQL> exit
Disconnected from Oracle Database 10g Express Edition Release 10.2.0.1.0 – Production

— Parar o listener:
[oracle@teste_ora ~]$ lsnrctl stop
LSNRCTL for Linux: Version 10.2.0.1.0 – Production on 21-SEP-2011 17:32:34
Copyright (c) 1991, 2005, Oracle. All rights reserved.
Connecting to (DESCRIPTION=(ADDRESS=(PROTOCOL=IPC)(KEY=EXTPROC_FOR_XE)))
The command completed successfully

— Voltar ao root
[oracle@teste_ora ~]$ exit

— Procurar o local aonde está instalado o Oracle XE:
[root@teste_ora lib]# locate system.dbf
/usr/lib/oracle/xe/oradata/XE/system.dbf

— Acesso ao diretório a ser removido:
[root@teste_ora lib]# cd /usr/lib/oracle/

— Remoção do diretório e de seus sub-diretórios: CUIDADO COM ESSE COMANDO É RECOMENADO PELO CARDIOLOGISTA!
[root@teste_ora oracle]# rm -Rf xe

— Diretório xe … removido:
[root@teste_ora oracle]# ls
[root@teste_ora oracle]# cd ..

— Remover o diretório Oracle que está vazio:
[root@teste_ora lib]# rmdir oracle/

— Verificar se tem mais algo ainda do XE:
[root@teste_ora lib]# locate XE
Obs.: Retornaram algumas coisas, mas são da interface gráfica KDE, no meu caso.

Att,
capin